24 novembro 2009

A Coridora - Rainha do Aquário

Com certeza você já ficou fascinado pela beleza e pela aparência da coridora, um peixinho maravilhoso que deixa qualquer aquário lindo.

Este lindo peixe é originário da região Amazónica e até mais além, vivem no fundo em grandes cardumes comendo minhocas e vermes que encontram. Em nossos aquários este peixe irá desempenhar um papel super importante pois ajudará a manter a limpeza do aquário ao consumir os restos de alimentos que vão parar no fundo do mesmo.

Por isso é importante que ao alimentar seus peixes, nunca se esqueçam das coridoras, coloque alimentos que possam chegar ao fundo onde elas irão se alimentar.

Elas não comem "dejetos" dos peixes e sim restos de alimentos que vão parar no fundo do aquário, para mantermos elas bem saudáveis em nosso aquário devemos observar algumas exigências do peixe, a agua deve ter um pH neutro para levemente ácido e ser mole, assim elas ficaram mais a vontade e estarão mais saudáveis e resistentes a doenças. Dependendo da espécie, elas vivem de 3 a 08 anos no aquário, A temperatura ideal é acima dos 25°C, de preferência 28°C. Embora seja um peixe muito resistente, mudanças bruscas de temperatura ou pH causará dano a elas assim como em qualquer espécie que você possua em seu aquário.

Sua alimentação deve ser preferencialmente com tubifex desidratado, minhocas lavadas e oferecidas em pedaços. Existem na web diversos sites especializados em coridoras segue abaixo alguns bem bacanas que eu encontrei:


http://www.aquahobby.com/articles/b_coridoras.php
http://www.aquarionline.com.br/portal/peixes/peixes_detalhe.asp?id=52

Se você não possui este lindo peixinho, não perca tempo adquira um e logo você se tornará mais um amante das Coridoras.

3 comentários:

  1. Elas são maravilhosas!

    ResponderExcluir
  2. QUEIROZ DISCOS DISCUS5 de março de 2018 23:37

    Sao de se apaixonar, com um jeito sem igual de nadar. Peixe de Cardume, que juntas fazem um conjunto necessário em qualquer cardume !Quantos mais melhor !As vezes hiperativas, outras vezes descansam entre o substrato!

    ResponderExcluir